sexta-feira, 16 de novembro de 2012

UM PRESENTE DE SOPHIA

Sophia de Mello Breyner Andresen, falecida em 2004, deixou-nos um presente. Foi encontrado, no seu espólio, um novo conto, mas inacabado. O seu neto, Pedro Sousa Tavares, terminou a história. E, agora , temos mais um dos seus belos contos para nos deliciarmos.
O livro conta com belíssimas ilustrações de Danuta Wojciechowska.


Sinopse
Os Ciganos é um conto inédito de Sophia de Mello Breyner Andresen localizado no seu espólio na primavera
 de 2009. Este conto encontrava-se inacabado, tendo Pedro Sousa Tavares, jornalista e neto da escritora, assumido a responsabilidade de continuar uma história sobre o irresistível apelo da liberdade, sobre a atração pelo que está fora dos muros e pela descoberta do outro e suas diferenças.

Ruy é um rapaz que vive numa casa que não lhe parece ser sua. Há muitas regras, 
muitas rotinas, tantas que nem mesmo o jardim que rodeia a casa consegue ser 
suficientemente grande para que se sinta livre.

Contudo, num daqueles dias de primavera que caem lentamente ao som do baloiçar 
das folhas, Ruy é surpreendido pelo rataplã de um tambor que o desafia a saltar o
 muro do jardim e a percorrer os campos até se abeirar de um acampamento de
 ciganos. Com eles acaba por ficar e, inspirado pelo espírito indomado de Gela, 
uma rapariga cigana de olhos cor de avelã, vai descobrir o prazer de sentir
 o chão debaixo dos pés, enfim, vai experimentar a liberdade pela qual sempre 
suspirou. 

quinta-feira, 15 de novembro de 2012

PRÉMIO DA UNIÃO EUROPEIA PARA A LITERATURA

No ano de 2009, a Comissão Europeia criou o prémio com o objetivo de valorizar a criatividade   da literatura europeia contemporânea, promover a circulação literária dentro da Europa e estimular o interesse pelas obras literárias de outros países.
Anualmente, onze ou doze países da UE são selecionados. Cada um destes países escolhe um jovem romancista para candidatar ao prémio.
Em 2009 foi premiada a portuguesa Dulce Maria Cardoso, com a obra "Os meus sentimentos".
Este ano, no dia 22 de novembro, em Bruxelas, novamente um português receberá este prémio. Trata-se de Afonso Cruz, escritor e realizador de cinema, com o livro
"A Boneca de Kokoschka".

Se quiseres saber mais sobre este escritor entra em