terça-feira, 1 de abril de 2014

TRABALHO DE GEOGRAFIA

No âmbito da disciplina de Geografia, os alunos do 8º. ano (F, G, H e I), da Escola Básica Integrada de Apúlia, tendo em conta o último Censo (2011), realizaram a Pirâmide Etária de Portugal. 
As profundas alterações a nível económico e social repercutiram-se na população portuguesa, nomeadamente na estrutura etária.
Na pirâmide etária de Portugal verifica-se um estreitamento da base e um alargamento do topo.

O estreitamento da base reflete a diminuição progressiva da taxa de natalidade, da taxa de fecundidade e do índice sintético de fecundidade; o alargamento do topo traduz um aumento da esperança média de vida e uma diminuição da taxa de mortalidade.

 


Esta estrutura tem graves consequências, nomeadamente a falência da segurança social e a perda do dinamismo económico, entre outras. Para tentar atenuar estes efeitos, urge tomar medidas natalistas para incentivar os casais a terem mais filhos.
A professora da disciplina de Geografia